Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Venda de ingressos de setor vip para a Copa chega à metade

Com cota máxima de 210 mil unidades, quase 100 mil lugares já foram comercializados

Área vip prevista no projeto do novo Mineirão (crédito: BCMF Arquitetos)
Tamanho da letra
Da redação - São Paulo
postado em 04/05/2012 16:57 h
atualizado em 04/05/2012 17:21 h

Quase 100 mil dos 210 mil ingressos vips destinados ao mercado brasileiro para a Copa de 2014 estão esgotados. Os lugares, que são os mais caros do Mundial, são reservados a empresas.

A exclusividade na venda dos ingressos é dos grupos Águia e Traffic. Segundo Gilmar Pinto Caldeira, executivo da joint venture, 80% da procura é para os jogos da seleção brasileira.

Para Caldeira, a procura de estrangeiros por hospedagem, acomodação e lazer nas cidades brasileiras deve aumentar após o início das eliminatórias europeias, previsto para setembro, após a Eurocopa.

O serviço é de responsabilidade da Match Connections, também controlada pelo Grupo Águia. “Acreditamos que até 300 mil estrangeiros venham assistir aos jogos nesses setores”, disse o executivo.

Brasil
Se chegar à final da competição, o time de Mano Menezes passará por cinco cidades-sede. Na primeira fase, jogará em São paulo (12/6), Fortaleza (17/6), Brasília (23/6).

Caso fique em primeiro no grupo, o Brasil atuará em Belo Horizonte (28/6, nas oitavas, e 8/7, na semifinal), Fortaleza (4/7 e Rio de Janeiro, na final (13/7). Se for o segundo da chave, a seleção irá a Fortaleza (29/6), Salvador (5/7), São Paulo (9/7) e Rio de Janeiro (13/7).





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.