Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Itaquerão e Mané Garrincha são as arenas mais caras da Copa

Preço por assento mostra que estádios brasileiros custarão quase o dobro que arenas de 2006 e 2010

Estádio corintiano tem elevado custo por assento (crédito: CDC Arquitetos)
Tamanho da letra
Felipe Castro - São Paulo
postado em 14/03/2012 18:05 h
atualizado em 02/04/2012 19:08 h

A Arena Corinthians, em Itaquera, terá o assento mais caro entre as doze arenas da Copa de 2014, de acordo com levantamento do Portal 2014.

Palco da abertura do Mundial de futebol, o estádio paulista custará R$ 820 milhões, ou R$ 12,6 mil para cada um de seus 65 mil assentos.

O valor, no entanto, ainda pode subir, uma vez que o orçamento não inclui as arquibancadas removíveis do futuro Itaquerão.

As cadeiras móveis aumentarão a capacidade de 48 para 65 mil lugares, de forma que a arena receba a abertura da competição. Antes, porém, o valor do estádio corintiano não passaria de R$ 400 milhões. A saída do Morumbi do plano da Copa e as adequações do Itaquerão às normas da Fifa para a inauguração do Mundial explicam o preço alto.

Em Brasília, a arena da Copa também apresenta índice elevado de custo por assento. O Estádio Nacional Mané Garrincha vai custar R$ 12,2 mil para cada um de seus 71 mil lugares, valor que também poderá subir quando forem incluídos os custos com gramado, iluminação e acabamento.

O terceiro estádio mais caro da Copa é a Arena Amazônia, em Manaus, que, apesar de contar com apenas 44 mil lugares, foi orçada em R$ 532 milhões. O custo por cadeira, portanto, é de R$ 12 mil. Detalhe importante: a arena receberá apenas quatro partidas durante o Mundial.

Na sequência, completando as cinco arenas com maior investimento por lugar, aparecem a Fonte Nova, em Salvador (R$ 11,9 mil), e o Maracanã (R$ 11,6 mil).

O levantamento mostra, também, que o custo médio por assentos nos estádios da Copa de 2014 gira hoje em torno de R$ 9,9 mil, número que assusta se comparado com o mesmo índice nos estádios da Alemanha, em 2006 (R$ 5,4 mil), e da África do Sul, em 2010 (R$ 5,3 mil).

Para normatizar o preço dos estádios, o Portal 2014 compilou os dados fornecidos pelas secretarias da Copa e governos das 12 cidades-sede e procurou excluir dos custos das arenas os valores referentes a projetos dos entornos dos estádios e isenções fiscais sobre a compra de equipamentos de construção garantidas pelo programa Recopa, do governo federal.

Reformados
No outro extremo da lista, a Arena da Baixada, em Curitiba, desponta como estádio mais barato da Copa, com investimento de apenas R$ 4,5 mil reais por lugar. Porém, o estádio paranaense, assim como o gaúcho Beira-Rio, já contava com parte da estrutura pronta antes de se candidatar a arena do Mundial, o que reduz consideravelmente os gastos por assento.

No caso do estádio do Internacional este valor gira em torno de R$ 5,5 mil, mas as obras em Porto Alegre seguem paradas há sete meses.

Outro estádio que passa por ampla reforma para o Mundial é o Castelão. Assim como Beira-Rio e Arena da Baixada, o estádio cearense, que tem as obras mais avançadas para a Copa, apresenta baixo custo por assento: R$ 7,9 mil para cada um dos 66 mil lugares.

Confira a lista com o nome dos estádios, 
o custo utilizado no levantamento, a capacidade e o valor por assento:

1. Arena Corinthians: R$ 820 milhões – 65 mil lugares – R$ 12,6 mil por assento
2. Nacional Mané Garrincha: R$ 863,2 milhões – 71 mil lugares – R$ 12,2 mil por assento
3. Arena Amazônia: R$ 532,2 milhões – 44 mil lugares – R$ 12 mil por assento
4. Arena Fonte Nova: R$ 597 milhões – 50 mil lugares – R$ 11,9 mil por assento
5. Maracanã: R$ 883,5 milhões – 76 mil lugares – R$ 11,6 mil por assento
6. Arena Pernambuco: R$ 500,2 milhões – 46 mil lugares – R$ 10,9 mil por assento
7. Mineirão: R$ 695 milhões – 64 mil lugares – R$ 10,8 mil por assento
8. Arena Pantanal: R$ 454,2 milhões – 43,6 mil lugares – R$ 10,4 mil por assento
9. Arena das Dunas: R$ 417 milhões – 45 mil lugares – R$ 9,3 mil por assento
10. Castelão: R$ 518,6 milhões – 66 mil lugares – R$ 7,9 mil por assento
11. Beira-Rio: R$ 330 milhões – 60 mil lugares – R$ 5,5 mil por assento
12. Arena da Baixada: R$ 187 milhões – 42 mil lugares – R$ 4,5 mil por assento

Ouça boletim da RadioCopa*

Arena Corinthians tem o maior custo por assento by Portal 2014

*Boletim produzido pela Agência Radioweb e Mandarim Comunicação





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.