Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Andrade Gutierrez explica impasse no contrato do Beira-Rio

Segundo construtora, investidores que entrarão no empreendimento não fecharam as garantias

Obras paradas no Beira-Rio tiraram gaúchos da Copa das Confederações (crédito: Arquivo)
Tamanho da letra
Da redação - São Paulo
postado em 10/02/2012 12:14 h
atualizado em 10/02/2012 12:25 h

A construtora Andrade Gutierrez resolveu quebrar o gelo e lançou nota, nesta sexta-feira (10), para explicar a demora na assinatura do contrato para as obras do Beira-Rio.

Segundo a empresa, os investidores que bancarão 80% do empreendimento estão definidos. Para finalizar o negócio, resta apenas negociar as garantias que serão apresentadas a um banco de fomento do Rio Grande do Sul.

Depois disso, afirma a construtora, não haverá qualquer obstáculo à assinatura do contrato que oficializa a criação de uma Sociedade de Propósitos Específicos (SPE) com o Sport Club Internacional, empresa que tocará as obras do Beira-Rio.

Ainda de acordo com a nota, a Andrade Gutierrez já apresentou garantias para sua fatia no empreendimento, que é de 20%.

“De fato, essa é a única pendência relevante para formação da SPE, uma vez que as garantias financeiras são necessárias para pleitear a linha de financiamento ao projeto do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social].”

Atrasos
A negociação entre Andrade Gutierrez e Internacional se arrasta há nove meses. Desde então, a reforma do Beira-Rio para a Copa de 2014 está completamente parada.

Em dezembro, o Conselho do clube aprovou os termos do contrato e a diretoria anunciou a assinatura para 25 de janeiro. Nada aconteceu.

O impasse e os constantes adiamentos irritam os torcedores do clube e geram dúvidas de que o projeto realmente sairá do papel. O rival Grêmio também constrói um novo estádio na cidade e mostra velocidade na execução das obras. Assim, caso o Internacional não cumpra seus compromissos com a Fifa, a arena concorrente apareceria como boia de salvação para Porto Alegre.

O secretário estadual de Esporte, Kalil Sehbe, declarou esta semana que vai encaminhar ao Comitê Organizador Local (COL) da Copa um pedido para que o estádio gremista seja incluído na Copa das Confederações. Porto Alegre foi descartada do evento-teste da Fifa justamente pelos atrasos no Beira-Rio.

Outro efeito prático da demora nas obras do Internacional é que Porto Alegre terá participação discreta em 2014. Na tabela da Copa divulgada em outubro passado, a capital gaúcha ficou com apenas cinco jogos, uma oitava de final sendo o de maior destaque.

A construtora diz que ainda há tempo de o estádio ficar pronto ao menos para o Mundial. “A Andrade Gutierrez reafirma seu compromisso com o projeto, esclarecendo que ainda há prazo suficiente para o término da reforma do Estádio Gigante da Beira-Rio tendo como objetivo a Copa do Mundo de 2014.”

Confira a nota na íntegra

Esclarecimento

A Construtora Andrade Gutierrez informa que a constituição da Sociedade de Propósito Específico (SPE) responsável pela reforma e ampliação do Beira-Rio, na qual a construtora terá 20% de participação, já tem definidos os demais investidores necessários à viabilização do projeto, restando apenas a negociação da estrutura de garantias desses potenciais sócios. De fato, essa é única pendência relevante para formação da SPE, uma vez que as garantias financeiras são necessárias para pleitear a linha de financiamento ao projeto no BNDES.

A Andrade Gutierrez já apresentou as suas garantias, de acordo com seu montante de participação. As dos demais sócios dependem de uma posição da instituição financeira que atua como agente representativo do banco de fomento no Estado. A construtora concentra seus esforços nessa definição, mas tem respeitado prazos que independem da empresa e são impostos pelos órgãos responsáveis.

Finalizados os acordos com as instituições financeiras e, consequentemente, formada a SPE, o contrato com o S.C. Internacional será assinado. Nessa ocasião, a Andrade Gutierrez, juntamente com o S.C. Internacional, informará todos os detalhes do modelo de negócio, assim como o cronograma das obras.

A Andrade Gutierrez reafirma seu compromisso com o projeto, esclarecendo que ainda há prazo suficiente para o término da reforma do Estádio Gigante da Beira-Rio tendo como objetivo a Copa do Mundo de 2014.

Construtora Andrade Gutierrez





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.