Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Obras de mobilidade para a Copa começam em Pernambuco

Até 2014, Recife terá três novos corredores de Bus Rapid Transit (BRT)

Projeto do Corredor Via Mangue, a cargo da prefeitura de Recife (crédito: Divulgação)
Tamanho da letra
Gabriela Ribeiro - Recife
postado em 19/01/2012 13:00 h
atualizado em 19/01/2012 13:08 h

Pernambuco não só cumpriu a exigência da presidente Dilma Roussef para que as obras de mobilidade urbana fossem licitadas até o dia 31 de dezembro, como deu início, ainda em 2011, a algumas das intervenções da Matriz de Responsabilidades.

Para 2012, ficou o início da construção do Terminal Integrado Cosme e Damião, que aguarda desapropriações, e do Corredor Norte-Sul, que teve as obras iniciadas na semana passada.

O Bus Rapid Transit (BRT) Ramal Cidade da Copa, principal via de acesso à Arena Pernambuco, teve obras iniciadas em outubro de 2011. Foi realizado o desmatamento da área e a obra está na fase de terraplenagem e drenagem.

Com 6,3 km de extensão, o ramal conta com investimento de R$ 131 milhões. O trajeto começa na avenida Belmiro Correia, em Camaragibe, e termina em São Lourenço da Mata, na grande Recife, onde está sendo construída a arena da Copa.

O percurso cruza a BR-408, que está sendo duplicada. Além de ter um corredor exclusivo de BRT, o ramal terá duas pistas para carros, uma em cada sentido, uma ciclovia, uma ponte e um viaduto sobre o metrô.

Terminais
A ampliação do número de terminais integrados também faz parte dos planos do governo. Até o final do ano, dez terminais do Sistema Estrutural Integrado (SEI), linha de transporte público composta por ônibus e metrô, devem ser inaugurados em Recife. O objetivo é duplicar a capacidade de transporte de passageiros.

O Terminal Integrado Cosme e Damião, que integra o conjunto de intervenções de mobilidade urbana para a Copa, será construído numa área 7.625.74 m², na entrada do município de São Lourenço da Mata. Com a ordem de serviço assinada no dia 21 de outubro, foi dado início à construção do canteiro de obras do novo terminal.

Serão realizadas desapropriações de 58 imóveis e 14 terrenos no local onde o terminal será construído. O governo diz que as indenizações começam a ser pagas ainda nesta semana, já que a intenção é desocupar os imóveis até 1º de fevereiro.

O terminal terá duas plataformas de embarque e desembarque, uma para os ônibus do BRT e outra para os ônibus do modelo de transporte convencional. Apesar de durar 12 meses, a obra só será inaugurada quando os BRTs estiverem funcionando, em 2013. Serão investidos R$ 18 milhões na construção deste terminal.

De acordo com a Secretaria das Cidades de Pernambuco, o Terminal Cosme e Damião e o Ramal Cidade da Copa devem ficar prontos até o primeiro semestre de 2013.

Acesso
Apesar de não estar na matriz de responsabilidade, o governo de Pernambuco pretende entregar também neste prazo, a passarela do Aeroporto Internacional dos Guararapes, que terá 461,27 m e vai permitir que o usuário tenha acesso, por meio de esteira rolante, ao terminal Cosme e Damião e ao metrô do aeroporto.

Esta intervenção vai facilitar o deslocamento do turista pela região metropolitana do Recife. Segundo a Secretaria das Cidades, com esta ação Pernambuco será o único estado com aeroporto que possui acesso direto, via transporte público, até o estádio que vai sediar os jogos do Mundial.

O projeto para a construção da passarela está em licitação e o investimento será de R$ 28 milhões, vindos do Tesouro Federal.

BRTs
As obras dos dois corredores de BRT, o Norte-Sul e o Leste-Oeste, também foram iniciadas. O Corredor Norte-Sul, que fará um percurso de 33,2 km ligando os municípios de Igarassu, Abreu e Lima, Paulista, Olinda e Recife, começou em 6 de janeiro, com a requalificação e o reforço das placas de concreto da via.

Este BRT terá um investimento de R$ 151 milhões e será concluído em 18 meses. A expectativa é que ele atenda a uma demanda de 180 mil passageiros por dia.

Com 12,5 km de extensão, o Corredor Leste-Oeste vai ligar a praça do Derby, na área central do Recife, ao Terminal Integrado de Camaragibe, passando pela avenida Caxangá. A obra começou em dezembro com a requalificação da Caxangá, uma importante via de acesso para zona oeste.

Com um investimento de R$ 145 milhões, a intervenção terá ainda três elevados, um túnel e um viaduto. Este corredor deve atender, diariamente, a 126 mil passageiros.
O único projeto de responsabilidade da prefeitura do Recife, o Corredor Via Mangue, teve obra iniciadas em junho do ano passado. Primeira via expressa do Recife, com 4,37 km de extensão, a Via Mangue pretende desafogar o trânsito da zona sul.

Serão construídas faixas de rolamento para veículos, calçadas, ciclovias, além de duas alças de ligação e oito pontes. A ponte Paulo Guerra será alargada.

Está em construção um complexo com quatro elevados que passarão pela avenida Antônio Falcão, em Boa Viagem, e estão sendo realizadas as obras de alargamento e construção da alça do viaduto Capitão Temudo. As obras terão um investimento de R$ 433,8 milhões e terminam em setembro de 2013.





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.