Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Após um ano, Recife mostra projetos de transporte para a Copa

Governo de Pernambuco terá financiamento de quase R$ 1 bi para corredores de ônibus

Projeto de estação elevada do Corredor BR-101 (crédito: Divulgação)
Tamanho da letra
Gabriela Ribeiro - Recife
postado em 14/06/2011 11:22 h
atualizado em 29/06/2011 09:39 h

Cerca de um ano após o prazo estipulado para o início das principais obras de mobilidade urbana para a Copa, a Secretaria das Cidades de Pernambuco apresentou ontem (13) os projetos dos Corredores Norte-Sul, Leste-Oeste e da BR-101 (Contorno do Recife).

Os corredores terão um investimento de R$ 940 milhões, sendo R$ 180 milhões para o Leste-Oeste, que vai da Praça do Derby até a Estação Cosme e Damião, em São Lourenço da Mata (Cidade da Copa), R$ 280 milhões para o Norte-Sul, que sairá de Igarassu até o Recife, e R$ 480 milhões para a BR-101, que será requalificada e terá um corredor exclusivo de ônibus.

Os projetos receberam aval do Tribunal de Contas do Pernambuco. Até 7 de julho estão previstos ajustes para a publicação dos editais, com exceção do projeto da BR-101 que está sendo analisado pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes). O órgão deve concluir a avaliação dentro de dois meses.

Atraso
As obras para melhorar o acesso dos turistas e da população aos estádios, aeroportos e hotéis estão demorando para sair do papel. As intervenções no corredor Norte-Sul, que inclui uma das principais vias de acesso ao Recife (av. Agamenon Magalhães), deveriam ter começado em abril de 2010. A conclusão prevista é outubro de 2012, mas não foi revista com o atraso.

Apesar do pouco tempo para a viabilização dos novos corredores, o secretário das Cidades, Danilo Cabral, diz que até dezembro os projetos estarão licitados, conforme a exigência feita na reunião da presidente Dilma Rousseff com governadores e prefeitos das cidades-sede no dia 31 de maio.

Se não cumprirem este prazo, as obras serão excluídas do PAC da Mobilidade Urbana, perdendo condições mais favoráveis de financiamento.

Ônibus rápido
O Bus Rapid Transit, faixas exclusivas de ônibus com pagamento de tarifa na estação, foi o modelo escolhido para os três novos corredores que devem melhorar o transporte público na Região Metropolitana do Recife.

Será implantado um centro de controle operacional que vai monitorar em tempo real o posicionamento dos veículos por GPS, fará a melhoria do controle da frequência de partida e vai controlar a regularidade no intervalo dos veículos.

“Foi construído um planejamento para a questão da mobilidade urbana na Região Metropolitana do Recife. Precisamos sair da lógica do transporte individual. Só se resolve a questão da mobilidade urbana se priorizarmos o transporte público”, declara o secretário das Cidades.

BRTs

Leste-Oeste
12,3 km de extensão
22 estações
4 terminais de integração
Distância média das estações de 556m

Norte-Sul
33,2 km de extensão
28 estações
4 terminais de integração
Distância média das estações de 531m

BR-101
30,7 km de extensão
35 estações
5 terminais de integração
Distância média das estações de 762m





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.