Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Segurança e mobilidade urbana preocupam Unidade Gestora Copa-Manaus

Coordenador do novo órgão pretende montar esquema especial para acompanhar os dois setores

Fachada da futura Arena Amazônia, obra essencial da Copa em Manaus (crédito: GMP/Divulgação)
Tamanho da letra
Jackeline Farah - Manaus
postado em 31/01/2011 11:20 h
atualizado em 31/01/2011 11:40 h

Com o objetivo de acompanhar as obras e a infraestrutura envolvendo a preparação de Manaus para a Copa do Mundo de 2014, a Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP) pretende montar um esquema para acompanhar os trabalhos voltados para mobilidade urbana e segurança pública.

De acordo com o coordenador-geral da UGP, Miguel Biango, são setores que beneficiam mais diretamente a população. “Hoje o maior problema de Manaus está no transporte público e no trânsito, que está cada vez pior. Por isso, tudo o que for feito nestes segmentos afetará diretamente a população. Nossos olhares estarão focados nesses setores.”

Biango diz que agendou reuniões com representantes da Secretaria de Segurança Pública para que a equipe da UGP possa conhecer melhor os projetos voltados para a Copa que devem ser desenvolvidos pelas policias Civil e Militar na capital do Amazonas. 

Mobilidade e estádio
A UGP também será responsável por acompanhar projetos como o monotrilho e o corredor rápido de ônibus (BRT), além das obras da Arena da Amazônia.

“Estamos tranquilos em relação à arena. Tudo está dentro do cronograma. Este mês finalizamos a terraplanagem do setor que faz fundo ao Sambódromo e as fundações estão praticamente finalizadas”, afirma Biango.

De acordo com o coordenador, a primeira parcela do empréstimo do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para a construção da Arena, no valor de R$ 11 milhões, foi dividida em duas parcelas. A primeira, no valor de R$ 6 milhões, que será destinada à laboração do projeto executivo, já está nos cofres do estado.

Estrutura
A estrutura da UGP conta com 11 profissionais de diversas áreas, como economistas, engenheiros e advogados. A equipe ocupa o mesmo prédio da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento do Estado (Seplan).

Segundo Biango, o setor financeiro continuará a cargo da Seplan e da Secretaria de Infraestrutura. “Nosso trabalho é logístico, vamos dar suporte às ações que serão determinadas pelas secretarias responsáveis pelos projetos. Não teremos verba para administrar.”





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.