Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Um Brasil nem tão favorito assim

Derrota para a Colômbia expõe geração mediana do futebol nacional

Brasil perdeu para a Colômbia, por 1 a 0, em Santiago (crédito: Rafael Ribeiro/CBF)
Tamanho da letra
Guilherme Henrique
postado em 18/06/2015 15:34 h
atualizado em 18/06/2015 15:37 h

Convenhamos, a derrota não foi uma surpresa. 

A vitória contra o Peru, na estreia da competição, mostrou que Dunga precisava mexer, mesmo com um resultado positivo. Thiago Silva ganhou a vaga de David Luiz na defesa; no ataque, Diego Tardelli perdeu a posição para Roberto Firmino.

Nada mudou.

A diferença para a estreia esteve nos pés, na cabeça e na atuação de um jogador: Neymar. Decisivo contra os peruanos (fez um gol e deu passe para outro), o camisa 10 e capitão brasileiro foi anulado pelo ótimo time colombiano. 

Neymar Jr. perdeu na bola e no psicológico. Brigou, discutiu, não jogou bem e, de quebra, foi expulso após o apito final do árbitro. Está fora contra a Venezuela, partida que fecha a fase de grupos neste domingo.

E agora, Dunga?

Em uma seleção marcada pelo mediano, pela ausência do diferente e pelo pragmatismo em ações com a posse de bola, o técnico brasileiro precisará armar um time sem o único atleta, ou o que possui maior capacidade, para desiquilibrar um jogo complicado.

Outro fator importante para se levar em consideração após a derrota em Santiago: quais jogadores da atual seleção seriam titulares na equipe colombiana, comandada pelo argentino José Pekerman?

William/Coutinho são melhores que James Rodriguez, por exemplo? Tardelli e Firmino jogam mais bola que Falcão Garcia, Teo Guttierrez, Jackson Martinez ou Carlos Bacca?

Fred/ Fernandinho estão acima de Cuadrado?

Talvez a dupla de zaga (Thiago Silva e Miranda) e os laterais (Daniel Alves e Filipe Luís) levassem certa vantagem. Do meio para frente, o jogo era igual. E foi.

Com Neymar suspenso por um jogo, a seleção volta a campo no domingo, contra a Venezuela, precisando da vitória para garantir, sem depender de outros resultados, a classificação para as oitavas de final da Copa América.





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.