Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

KICK THE ASS! Joseph Blatter não é mais presidente da Fifa

Nesta terça-feira (02), em Zurique, na Suíça, dirigente renunciou ao cargo que ocupava desde 1999

Joseph Blatter renunciou ao cargo de presidente da Fifa (crédito: Fifa/Divulgação)
Tamanho da letra
Da redação
postado em 02/06/2015 15:36 h
atualizado em 02/06/2015 15:40 h

O mundo do futebol vai mudar. E muito.

Nesta terça-feira, em Zurique, na Suíça, Joseph Blatter, de 79 anos, renunciou ao cargo de presidente da entidade máxima do futebol. O suíço, que foi eleito na última sexta-feira (29), em disputa contra o príncipe da Jordânia, Ali bin Al-Hussein, não resistiu à pressão e acabou desistindo do 5º mandato.

"Tenho o mandato, mas não sinto que esse mandato seja de todo o mundo do futebol, de torcedores, jogadores, clubes, das pessoas que vivem, respiram, amam futebol tanto quanto nós na Fifa. Por isso, decidi entregar meu cargo a um congresso de um comitê extraordinário. Continuarei exercendo minhas funções como presidente da Fifa até lá", disse Blatter, em Zurique.

Novas eleições estão marcadas para ocorrer entre os meses de dezembro e março deste ano, de acordo com o Comitê de Auditoria da Fifa. Até lá, Blatter segue com suas funções normais e, mesmo com a imagem abalada, pretende coordenar o processo de escolha do futuro presidente.

"Vou continuar a exercer minha função como presidente até a próxima eleição. Isso terá que ser feito de acordo com o estatuto da Fifa, e devemos dar tempo para os melhores candidatos para apresentar-se e fazer sua campanha", ressaltou Blatter.

Joseph Blatter está na presidência da Fifa desde 1999, quando substituiu o brasileiro João Havelange. Durante seu mandato, Blatter foi responsável pela realização de quatro Copas do Mundo: 2002, na Coréia e no Japão, 2006, na Alemanha, 2010, na África do Sul e 2014, no Brasil.

Na última semana, a Fifa esteve envolvida em uma série de escândalos de correupção que resultaram na prisão de 7 dirigentes ligados à entidade. José Maria Marin, ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), estava entre os detidos.





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.