Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Castelão será inaugurado com rodada dupla e torcidas separadas

Intenção inicial do governo era misturar os torcedores de Fortaleza e Ceará nas arquibancadas

Tamanho da letra
Da redação
postado em 17/01/2013 17:36 h
atualizado em 17/01/2013 18:13 h

O governo do estado de Ceará já havia afirmado em dezembro que a inauguração do Castelão, no próximo dia 27, teria rodada dupla, com Ceará e Bahia jogando às 16h e, pouco depois, às 18h15, o duelo entre Fortaleza e Sport, em partidas válidas pela Copa Nordeste.

A novidade agora é que as torcidas de Fortaleza e Ceará, principais equipes do estado, ficarão mesmo separadas, contrariando a intenção inicial do governo, de misturar as torcidas. A nova medida, aliada a um reforço no policiamento do estádio, visa a garantir a segurança de todos os presentes, dizem as autoridades locais.

"Haverá divisão [de torcidas]. A do Ceará fica no setor norte e a do Fortaleza, no setor sul do estádio. Isso em cadeiras superiores e inferiores. Todos os torcedores serão identificados na aquisição do ingresso", explicou o secretário da Copa no Ceará, Ferruccio Feitosa. 


Castelão será inaugurado com bola rolando em janeiro (crédito: Glauber Queiroz/Min. Esporte)

A proposta inicial foi rechaçada porque o governo queria imputar às torcidas organizadas a responsabilidade por quaisquer danos materiais no Castelão.

Com a recusa dos representantes das torcidas, a alternativa foi estipular acessos e áreas diferentes para torcedores uniformizados de Fortaleza e Ceará. Além disso, agora é o consórcio Arena Castelão, responsável pelas obras e pela gestão do estádio, quem vai se responsabilizar pelos possíveis danos.

O presidente do consórcio, Silvio Andrade, lembrou que um complexo sistema de vigilância, que conta com 240 câmeras, também vai garantir tranquilidade durante o espetáculo.

"As pessoas serão identificadas, principalmente pelas câmeras. Os nossos coordenadores estarão orientando também os torcedores junto com a polícia, e contaremos ainda com o Ministério Público e a Justiça para punir essas pessoas. Havendo algum dano ao estádio, a responsabilidade nesse momento é nossa", explicou.

Inaugurado em dezembro a um custo de R$ 518 milhões, o Castelão é um dos seis estádios da Copa das Confederações de 2013.





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.