Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Fuleco, o tatu-bola mascote da Copa 2014, une ecologia e futebol

Indicado como mascote para preservar a espécie, animal foi escolhido em votação popular em 2012

Fuleco foi eleito mascote da Copa no ano que passou (crédito: Arquivo)
Tamanho da letra
postado em 04/01/2013 11:50 h

Ameaçado de extinção, o tatu-bola (Tolypeutes tricinctus) pode ganhar mais chances ao ser conhecido pelo mundo como o mascote de um mega evento: a Copa do Mundo de Futebol do Brasil em 2014.

A Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) disseram, na apresentação do mascote, que o tatu-bola, que se protege das ameaças externas se fechando em sua carapaça redonda, lembra "ligeiramente" uma bola de futebol.

Após uma votação popular em que mais de 1 milhão de pessoas participou, o mascote foi batizado "Fuleco", palavra que une "futebol" e "ecologia". O nome no entanto é polêmico e recebeu críticas em massa nas redes sociais.

Os organizadores do espetáculo esportivo acreditam que o mascote, como espécie ameaçada, pode sensibilizar a opinião pública sobre a importância do meio ambiente e da ecologia.

O tatu-bola frequentemente é alvo do tráfico ilegal de animais protegidos. Considerado um fóssil vivo, o animal é vulnerável pela destruição do meio ambiente, e ainda por sua caça devido ao sabor de sua carne, rica em proteínas, uma iguaria tradicional em algumas regiões do continente.





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.