Este Portal é uma iniciativa do Sinaenco, não tendo qualquer ligação com a Fifa e suas atividades
bullet Notícias

Seleções não terão centros de treinamentos na Copa das Confederações

Pensados para a Copa do Mundo de 2014, CTS não servirão ao torneio-teste

Evento em São Paulo marcou lançamento de catálogo dos CTS da Copa (crédito: Felipe Castro/Portal 2014)
Tamanho da letra
Felipe Castro - São Paulo
postado em 01/08/2012 17:32 h
atualizado em 01/08/2012 18:42 h

O Comitê Organizador Local (COL) lançou na manhã desta quarta-feira (1º), no Museu do Futebol, em São Paulo, a primeira versão do Catálogo de Centros de Treinamentos de Seleções (CTS) para a Copa do Mundo de 2014. 

O documento lista 54 locais já aprovados e com contrato assinado com o COL, mas não dispõe sobre os complexos esportivos para as seleções que participarão do evento-teste para a Copa em 2013.

“Os CTS não existem na Copa das Confederações. Por se tratar de uma competição muito curta, as seleções irão apenas ficar em hotéis”, revelou o diretor executivo do COL, Ricardo Trade. Ao contrário do Mundial, que dura um mês, o evento preparatório é realizado em quinze dias.

A lista dos centros de treinamento da Copa (visualize clicando aqui) será atualizada até dezembro de 2013, quando, às vésperas do sorteio das chaves da Copa, terá sua versão final disponibilizada para as 32 seleções classificadas para o torneio. Caberá, então, às delegações estrangeiras a tarefa de escolher onde irão treinar e se alojar durante o Mundial.

Segundo o COL, os contratos são assinados com hotel e centro de treinamento de forma conjunta. A distância entre eles deve ser de até 20 minutos. Já a distância entre hotel e o aeroporto internacional mais próximo não deve ser maior do que uma hora, embora casos como o da Aldeia das Águas Resort, na cidade fluminense de Barra do Piraí, extrapolem esta regra –o hotel está a 121 km, ou a uma hora e quarenta minutos, do Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio, de acordo com o catálogo.

A primeira versão do catálogo dos CTS da Copa traz 54 centros com contrato assinado, mas, se levado em conta os já aprovados, caso dos CT do São Paulo em Cotia, por exemplo, o número sobe para 76. O Comitê Local espera entregar a lista final com até 80 locais (o número mínimo exigido pela Fifa é 64).

CT do São Paulo em Cotia: contrato ainda não foi assinado com a Fifa (crédito: Arquivo)

Clubes e hotéis
Perguntado sobre a ausência de centros de treinamento de clubes como São Paulo, Corinthians e Atlético-MG, considerados entre os mais modernos do país, além da falta de CTs na cidade do Rio de Janeiro, palco da final da Copa, o diretor de competições do COL, Frederico Nantes, explicou que o catálogo está em constante atualização e que centros de treinamento e hotéis seguem em negociação com a Fifa.

“Existem casos de campos que já estão assinados com a Fifa e hotéis que ainda precisam acertar detalhes, e vice-versa”, disse. 

No caso dos hotéis, o desafio do COL e da Fifa tem sido conseguir empreendimentos que estejam próximos aos CTs e que, ao mesmo tempo, consigam privilegiar a privacidade dos atletas.

“Tem de haver a possibilidade de reserva de andares inteiros, para garantir o isolamento da delegação”, lembrou Nantes, acrescentando que as seleções estrangeiras deverão ficar entre 20 a 40 dias em um mesmo local.

A responsável pela reserva dos hotéis é a empresa Match Hospitality, parceira da Fifa desde a Copa das Confederações da África do Sul, em 2009.

 

Leia mais: Dos 54 CTs da Copa, mais da metade está localizado na região Sudeste





 
nosso time
realização
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
tecnologia e criação
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
segurança da informação
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
patrocínio
Gerdau
 
apoio
ArcelorMittal
 
Resolução Mínima de 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br Todos os direitos reservados.