This Portal is an initiative of the Sinaenco, having no connection with FIFA and / or its activities
Host cities bullet Cuiabá
Cuiabá
Host cities
Cuiabá

Capital do estado de Mato Grosso, Cuiabá fica às margens do rio de mesmo nome. Fundada em 1719, ficou praticamente estagnada desde o fim da exploração das jazidas de ouro até o início do século 20. Desde então, apresentou um crescimento populacional acima da média nacional, atingindo seu auge nas décadas de 1970 e 1980. Segundo a estimativa realizada em 2008 pelo IBGE, a população de Cuiabá é de 544.737 habitantes.

Nos últimos 15 anos, o crescimento diminuiu, acompanhando tendência verificada na maior parte do país. Hoje, além das funções político-administrativas, é o principal pólo industrial, comercial e de serviços do estado. É conhecida como "cidade verde", devido à sua generosa arborização.

Cuiabá está próxima e dá acesso à belíssima Chapada dos Guimarães e também à região norte do Pantanal, berço privilegiado da fauna e da flora regional.


bullet Últimas notícias
FIFA chooses World Cup volunteers

Selection begins on June 30 on the internet

» More news
New business hours in Mato Grosso

Public servants will work less until the Cup

Cuiabá's LRV: Bid postponed

Government defers the opening date of tenders

FIFA defines the 12 fan fests

List was released on this Friday

Recopa will reduce costs by nearly R$ 16 M

Ceará Stadium continues as the more advanced

Only 2% of funds have turned into projects


Quem é quem

Nomes, cargos e currículos de todos os executivos responsáveis pelo êxito (ou fracasso) da Copa de 2014.

» Leia mais!
Desafios da cidade

Ampliação do aeroporto e captação de recursos para o Verdão são os principais desafios

» Leia mais!


bullet Andamento das Obras
 
Status da obra:
Verde

Setor oeste das arquibancadas é o mais adiantado; pórticos que sustentam a cobertura continuam sendo montados


A Arena Pantanal é um projeto premiado da GCP Arquitetos. Terá capacidade para 43.600 espectadores, com arquibancadas e cobertura desmontáveis. Poderá ter redução de até 30% da capacidade após o Mundial. O projeto tem uma série de recursos para atender à certificação Leed, de sustentabilidade.

Custo: R$ 519,4 milhões (valor que inclui futuras licitações com TI, placar e assentos)
Contrato: público
Construtora: Mendes Júnior

Ficha técnica


Ficha Técnica
Custo do estádioR$ 342 milhões e mais R$ 13 milhões em aditivos
Obras no entorno do estádioR$ 140 milhões
Custo do projeto básicoR$ 14,2 milhões
Placar, TI e arquibancadas removíveisR$ 85 milhões
Nome oficial:Arena Pantanal / Estádio José Fragelli
Construção:Consórcio Santa Bárbara/Mendes Júnior
Área do terreno:307.000 m² (incluindo construções existentes)
Área a ser construída:101.400 m² (marquise/restaurante/choperias)
Área a ser demolida:58.500 m²
Início do projeto:2009
Início das obras:2010
Conclusão das obras:2012
Arquitetura:GCP Arquitetos - Sérgio Coelho (autor), Adriana Oliveira e Maurício Reverendo (coautores); Alessandra Araújo (coordenação geral e sustentabilidade); Grupo Stadia - Danilo Carvalho (co-autor/ arquitetura esportiva); Bárbara Fornari, Bruna Tosetto; Daniel Mariano, Danilo Cosenza, Francisco Abreu, Janaína Ortolani, Lilian Frige, Marcelo Rios; Ricardo Segantini, Sílvio Diarte, Taís Miyake e Tomás Brunoro (equipe de arquitetura GCP/ Stadia); Sandra Ruiz e Shintaro Arakawa (arquitetura de interiores)
Especificações técnicas:Tecspex
Engenharia de instalações:MHA
Estrutura metálica e estruturas desmontáveis:Sinclair Knight Merz (Inglaterra)
Estrutura metálica:Ponto de Apoio
Fluxos de espectadores:Steer Davies Gleave (Inglaterra)
Estrutura de concreto e fundações:EGT
Certificação Leed:CTE
Paisagismo:KMKaiser
Renderização 3D:Neorama
Comunicação visual:OTM
Luminotécnica:Acenda
Infraestrutura:Interact
Custo do projeto executivoR$ 12,2 milhões
Mobilidade Urbana
 
VLT Cuiabá/Várzea Grande - MT
Status da obra:
Amarelo

Em meio a problemas com o MP e Justiça, obra deve deslanchar em 2013; entrega do modal até a Copa é improvável


Espécie de metrô de superfície, o VLT de Cuiabá terá 22,2 km de extensão e ligará o CPA (Centro Político Administrativo) ao aeroporto internacional Marechal Rondón, e o bairro de Coxipó ao centro.

Vencedor da licitação foi o consórcio VLT Cuiabá (CR Almeida, Santa Bárbara, CAF, Magna e Astep), que promete entregar a obra antes da Copa.

Até agora, só "obras de arte" (viadutos, pontes e trincheiras) começaram, no mês de setembro. Implantação dos trilhos e chegada dos trens estão previstos apenas para 2013.

Obra chegou a ser paralisada duas vezes pela Justiça Federal. Nas duas oportunidades, o Tribunal Regional Federal (TRF) barrou a liminar e autorizou a continuidade das obras..  

Custo: R$ 1,4 bilhão
Contrato: público (estado do Mato Grosso)
Construtora: CR Almeida, Santa Bárbara, CAF, Magna e Astep

Galeria de fotos


Obras começaram em maio de 2011 e seguem cronograma em dia; ponte já está pronta

Status da obra:
Verde
Galeria de fotos


Aeroportos
 
Aeroporto Marechal Rondon
Status da obra:
Verde

Uma obra já está pronta desde novembro de 2011 e a outra, em andamento


Reforma e modernização do terminal de passageiros, adequação do sistema viário e estacionamento.
Conclusão: julho de 2013

Implantação do Módulo Operacional Provisório (MOP)
Conclusão: novembro de 2011 (concluído) 

Custo: R$ 91,3 milhões
Contrato: público (Infraero)




 
our team
production
Sinaenco - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva
technology and creation
XY2 | Agência Digital
hosting
Telium Networks
information security
LSI TEC - Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico
 
sponsorship
Gerdau
 
support
ArcelorMittal
 
Minimum resolution 1024x768 - © Copyright 2009 portal2014.org.br All rights reserved.